• psicodelicaciencia

VÍDEO - Encontros Psicodélicos #3: Pesquisas biomédicas com ayahuasca



A terceira edição dos Encontros Psicodélicos contou com a participação de pesquisadores que estudam os efeitos terapêuticos da ayahuasca. A neurocientista Fernanda Palhano revelou detalhes da sua trajetória e compartilhou os desafios do primeiro estudo controlado realizado com ayahuasca para depressão, da qual é primeira autora. Especializada em imagens cerebrais, ela atua no grupo do físico Dráulio de Araújo e tem se destacado internacionalmente como uma das pesquisadoras mais influentes na área.


O cientista Dimitri Daldegan-Bueno, psicólogo com mestrado na área de Psicobiologia pela Unifesp, também apresentou os resultados da sua pesquisa de mestrado, no qual investigou os efeitos comportamentais e neurobiológicos da ayahuasca em ratos. Além das questões éticas envolvendo pesquisas com modelos animais, o cientista, que hoje atua como pesquisador associado na Universidade de Auckland, na Nova Zelândia, também falou sobre o potencial terapêutico da ayahuasca para o tratamento do tabagismo, de acordo com um estudo epidemiológico que participa.


O debate fez parte da série “Encontros Psicodélicos: Conversas interdisciplinares sobre ayahuasca e outros psicoativos", uma cooperação mensal entre o portal Ciência Psicodélica (CP); o projeto Healing Encounters, do CNRS (Centro Nacional de Pesquisa Científica), em Paris; e o Grupo de Pesquisa ICARO (Cooperação Interdisciplinar para Pesquisa e Divulgação da Ayahuasca), da Unicamp; com apoio do Instituto Chacruna.


A edição “Pesquisas biomédicas com ayahuasca: o que acontece dentro dos laboratórios” contou ainda com apresentação do jornalista Nathan Fernandes e mediação do psicofarmacologista Lucas Maia.


Assista o evento na íntegra:





Por Nathan Fernandes, Jornalista.

23 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo