top of page
  • Foto do escritorFlávia Zacouteguy Boos

Curso “Filosofias Indígenas: perspectivas e ressonâncias contemporâneas”



O CP Indica o curso “Filosofias Indígenas: perspectivas e ressonâncias contemporâneas”, transmitido pelo Canal “Multiversidade da Floresta”, disponível no Youtube.


No Brasil, o DMT é utilizado por alguns povos originários, geralmente através da bebida ayahuasca. Mas, muito além do uso de enteógenos (psicodélicos), os povos indígenas apresentam riquíssimas e singulares culturas, com suas próprias línguas e cosmovisões.


Segundo Luciana Storto, professora do Departamento de Linguística da FFLCH/USP, estima-se que existiam no Brasil entre 600 e mil línguas antes da colonização. Hoje são apenas 154, o que reflete o genocídio sofrido por esses povos e o slienciamento de suas culturas.


Estamos assistindo à destruição da Amazônia através da grilagem, do desmatamento e do desmantelamento de órgãos governamentais e da escassez de recursos destinados às pautas ambientais e indígenas, como a demarcação de terras. Nossos povos irmãos indígenas estão morrendo junto às suas culturas e cosmovisões, já que suas tradições e conhecimentos são transmitidos oralmente.


Nesse cenário, conhecer mais sobre suas filosofias e modos de vida é uma forma de preservar essa riqueza.


De acordo com o Canal “Multiversidade da Floresta”, além do curso, o projeto também conta com uma publicação que tem por objetivo promover os pensamentos indígenas e situá-los perante os desafios do mundo contemporâneo, tendo os próprios indígenas como protagonistas de seus conhecimentos. “O curso, a ser ministrado online, foca nas diferenças de falas a partir de perspectivas singulares e das ressonâncias destes saberes na contemporaneidade, e é direcionado ao estudo filosófico com importantes professores e pensadores indígenas de oito diferentes povos (Guarani Mbyá, Yawanawá, Tukano/Ye'pamahsã, Pankararu, Kayapó, Marubo, Guarani Nhandeva e Munduruku), bem como de pesquisadores acadêmicos não indígenas das áreas de Filosofia e Antropologia, a fim de enriquecer o debate e tecer conexões dialógicas.”


Para acessar o curso, basta clicar no botão abaixo.




 

CP Indica | Curadora:


289 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page